sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Noite

procuro.
na noite só ar fresco:
tu não estás.

3 comentários:

manuela m. disse...

olá David

são sempre as composições mais breves aquelas que mais me seduzem; tenho-me preocupado, talvez demasiadamente, em respeitar o número das sílabas poéticas pre-determinadas por algumas'cartilhas'; o certo é que o ritmo acaba por se impõr ao fim de certo tempo_ e a verdade é que tenho sido mais assídua a plantar algumas na minha página;
gostava que a visitasses, te pronunciasses; na realidade gostava que me elucidasses, pela tua experiência neste campo, acerca de uma presumível (porque talvez esteja a ousar ser presumida..) inscrição na associação internacional: será que é só para autores com obra publicada?

N: há uns tempos, ao importar alguns blogues para a nova conta, vi certas definições serem alteradas e aplicações desapareceram_ entre elas 'seguidores'; deixo o apontador:
http://zentimentos.blogspot.com/

até breve

m.

Rolando disse...

ola. tudo blz? esdtive aqui. muito interessante. apareça por la. abraço.

Henrique Pimenta disse...

falta -

e exige presença