segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Mais Lua...

luar no Tejo
é quase pena
que venha o Sol.


sombra de luar
enfim a vitória
da noite.



digo-te adeus -
a lua está
descolada do céu.


o luar pousa
por cima dos telhados-
uma mão sobre quem dorme.


luar de Outono
em cheio na abóbora -
parece sorrir.


só de longe
as estrelas olham
a Luz Cheia


uma ponte de luz
sobre o Tejo -
Luz de Outono.


falo-te a sussurrar -
frente a nós
a Luz de Outono.

2 comentários:

Lauro disse...

http://sumariodeincertezas.blogspot.com/2009/10/haiku-de-primavera-atrasada.html

BAR DO BARDO disse...

bons trabalhos