segunda-feira, 30 de junho de 2008

Um haiku do Mestre Goga

Planto hoje uma muda,
amanhã, duas ou mais,
sonhando com a mata.

H. Masuda Goga

4 comentários:

Dinis Lapa disse...

Não gosto. Estes sentimentos também são para ser partilhados. E peço desculpa aos discípulos do Goga. Não quero minimamente cometer sacrilégio, mas a obsessão pelo kigo é castradora.

Daterra disse...

Caro David,

já encontrei o teu livro cá na fnac de Santa Catarina.

Para já, alguns dos haikus que li, são realmente bons... parabéns...

Fico contente por poder partilhar directamente contigo o que sinto e os meus primeiros passos também.

Abraço amigo
Lécio

Anónimo disse...

Além de remeter-nos ao milenar pensamento chines, como... uma caminhada começa sempre com um primeiro passo... , os formadoresde de opinião não podem desperdiçar qualquer oportunidade de difundir pensamentos ecológicos. Ótimo. Parabéns.

ma grande folle de soeur disse...

Concordo com o último comentário. E as meias a darem na cueca... confesso q é uma ideia arrojada. Escrevi um haïku erótico sem dar por isso. lol. abraço